Santarém - Pará.
Apoio

Opinião - Artigos
Um resumo das metodologias, resultados esperados e macrocampos do Jovem de Futuro (Proemi)
9/4/2015
por: Professor Fernando Pina

O Jovem de Futuro (PROEMI - Programa Ensino Médio Inovador)

O projeto Jovem de Futuro utiliza o conceito de Gestão Escolar para Resultados (GEpR). A ideia básica parte do pressuposto de que não existe organização, sobretudo uma instituição voltada para o interesse público, sem uma qualificação técnica e social da gestão. Nesse sentido, busca apresentar para os gestores escolares estratégias e instrumentos que tornam seu trabalho mais eficiente, criativo e produtivo. Seus princípios orientam para um trabalho com foco nos resultados positivos de ensino e de aprendizagem. Tal proposta sugere a integração de diferentes processos e ferramentas de gestão escolar, a mobilização de recursos humanos, a articulação de recursos técnicos, materiais e financeiros, a divisão de responsabilidades, a adoção de sistemas de informação voltados para o monitoramento, controle e avaliação, a utilização de programas de comunicação para garantir ampla adesão da comunidade às ações da escola, sempre tendo em vista a conquista de melhores resultados na aprendizagem dos alunos.

As metodologias

As metodologias são estratégias para atingir os resultados favorecendo a consolidação de uma nova cultura de gestão, transformando a realidade escolar, são elas:

Entre Jovens: a metodologia Entre Jovens promove a compreensão de nossa língua, noções básicas de leitura e interpretação, raciocínio lógico matemático, capacidade de solução de problemas, entre outras competências e habilidades previstas na matriz de referência do Saeb. Todos esses elementos constituem-se como fundamentos para o avanço em todasas disciplina.

Jovem Cientista: caracteriza-se por um estímulo à formação de novos cientistas, já que suas atividades buscam incentivar os jovens à prática da pesquisa como meio de aprendizagem e produção de conhecimento. Trata-se da aquisição de novos conhecimentos pelo caminho das ciências e consequentemente a melhoria no desempenho escolar.

Valor do Amanhã na Educação: busca estimular nos jovens o desenvolvimento de uma visão de futuro, contribuindo para o aumento do desempenho escolar e do interesse pelos estudos, como uma forma de conscientizar os estudantes sobre a importância de permanecer na escola.

Estudar Vale a Pena: desenvolvida para estimular o jovem a refletir sobre a importância de concluir o Ensino Médio para o seu futuro, a metodologia foi idealizada em formato de concurso. O objetivo é incentivar a comunidade escolar a promover um amplo debate sobre o tema, evidenciando que realmente estudar vale a pena.

Entendendo o Meio Ambiente Urbano: a metodologia promove a educação ambiental de alunos do Ensino Médio, a partir do estudo de situações da vida cotidiana no meio urbano e pela perspectiva da preservação e sustentabilidade. O conteúdo programático tem como base quatro temas: água, energia, resíduos sólidos e áreas verdes.

Superação na Escola: mobiliza a escola e pessoas da comunidade para a realização de melhorias na infraestrutura, além de sensibilizar e conscientizar os principais envolvidos do projeto para temas de interesse coletivo . O instrumento também estimula o protagonismo juvenil, na medida em que conta com a iniciativa dos estudantes, que são diretamente envolvidos no movimento de transformação de sua instituição de ensino .

A SuperAção é promovida em edições anuais, durante o triênio de atividades do ProEMI/PJF . Os temas são alternados a cada período e obedecem à seguinte sequência: Melhoramento, Meio Ambiente e, no último ano do ciclo, Esportes e Cultura .

Uso pedagógico da avaliação em larga escala: a metodologia consiste na apropriação dos resultados da avaliação externa e utilização dos dados como subsídios para as práticas pedagógicas. É considerada indispensável para o desenvolvimento do projeto, na medida em que os resultados das avaliações são apresentados para o grupo gestor e professores em Oficinas Devolutivas, compondo um diagnóstico importante do desempenho dos alunos de cada escola.

Monitoria: o sistema de Monitoria criado na esfera do ProEMI/PJF tem como diferencial a atenção dada a estudantes de Ensino Médio com diferentes níveis de desempenho e potenciais cognitivos . A metodologia do programa não é direcionada especificamente para os melhores alunos, mas para aqueles que podem tirar melhor proveito dessa oportunidade, ganhando um estímulo a mais para continuar os estudos e melhorar o aprendizado . Esse grupo pode incluir jovens que tenham perfil de liderança ou que possuam habilidades relacionadas à arte, cultura ou esportes .

Além de favorecer o protagonismo juvenil, desenvolvendo competências, habilidades e a postura ética, a Monitoria também auxilia na inserção do jovem no contexto profissional, uma vez que promove o sentido de organização e de responsabilidade, aumentando a autoestima e valorizando o monitor perante seus colegas e a equipe pedagógica . Na prática, a metodologia contribui para um ambiente de aprendizagem colaborativa, estimulando o envolvimento dos estudantes com a instituição de ensino e a comunidade escolar.

Agente Jovem: Considerado essencial para o êxito das ações do Jovem de Futuro, o Agente Jovem atua como protagonista do processo de mobilização da comunidade escolar. Contribui para a conquista de objetivos pactuados, como a melhoria da qualidade do ensino, dos índices de frequência e do clima coletivo, compartilhando desafios e as metas estabelecidas no planejamento estratégico da instituição.

 Os estudantes promovem e divulgam ações relacionadas ao projeto, além de atividades culturais, esportivas e vinculadas à preservação do meio ambiente. Ao desempenharem essas tarefas, tornam-se agentes de mudança, sendo vistos como exemplos a serem seguidos pelos colegas.

Fundos Concursáveis: A metodologia dos Fundos Concursáveis oferece a alunos e professores a oportunidade de participação mais direta nas ações desenvolvidas na escola, sob a ótica do conceito de comunidade escolar no desenvolvimento de projetos interativos, que possam ser convertidos em melhorias significativas no ambiente escolar. É com a visão de que a valorização da capacidade do docente e do estudante promovem a transformação no ambiente escolar que o ProEMI/JF disponibiliza recursos financeiros para tais fins através dessa metodologia.

Sistemas de Reconhecimento: estruturado de forma a estimular a participação dos envolvidos motivando-os a manter uma mobilização contínua e focada nos resultados propostos pelo ProEMI/PJF, o Sistema de Reconhecimento é, em sua modalidade de aplicação na escola, direcionado a professores e alunos que participam do projeto . Nessa frente, a metodologia utiliza formas não-financeiras de reconhecimento ao mérito, premiando comportamentos vinculados à frequência e ao desempenho .

 

Conheça os Macrocampos

Por macrocampos compreend- se como o conjunto de atividades didático - pedagógicas que estão dentro de uma área do conhecimento percebida como um grande campo de ação educacional e interativa, podendo contemplar uma diversidade de ações que qualifiquem o currículo escolar. São eles:

1- Iniciação Científica e Pesquisa*;

2- Acompanhamento Pedagógico*;

3- Cultura Corporal;

4- Cultura e Artes

5- Cultura Digital;

6- Comunicação e Uso das Mídias;

7- Leitura e Letramento;

8- Participação Estudantil.

 

Resultados esperados, os Rs:

Alunos:

R1. Alunos com competências e habilidades desenvolvidas em Língua Portuguesa e Matemática

R2. Alunos com alto índice de frequência

Professores:

R3. Professores com alto índice de frequência

R4. Práticas pedagógicas melhoradas

Gestão:

R5. Gestão Escolar para Resultados

R6. Infra estrutura da escola melhorada


Mais matérias e opiniões
23/8/2016
Você sabe como é avaliada a redação do Enem?
Por: Blog Stoodi
25/2/2016
Um modelo de roteiro para programa de rádio escolar
Por: Coordenação Rádio Zara
29/8/2015
Incongruências do SINTEPP parte III: o FIM
Por: Professor Fernando de Pina Carvalho
7/6/2015
Incongruências do SINTEPP parte II: o pós-greve
Por: Fernando de Pina Carvalho
7/5/2015
Sobre a greve da educação estadual 2015: um recuo neste momento é parte de estratégia
Por: Fernando de Pina Carvalho
9/4/2015
Um resumo das metodologias, resultados esperados e macrocampos do Jovem de Futuro (Proemi)
Por: Professor Fernando Pina
21/3/2015
Incongruências do Sintepp, uma visão sobre a lei da jornada (nº 8.030, de 21 de julho de 2014)
Por: Professor Fernando Pina
5/8/2014
Análise da Lei nº 8.030, de 21 de julho de 2014, que dispõe sobre a jornada de trabalho e as aulas suplementares dos professores da educação básica da rede pública de ensino do Estado do Pará
Por: Fernando Pina
14/5/2014
Confusões e incertezas acerca da implantação da Jornada e da hora-atividade na rede estadual paraense
Por: Prof. Fernando Pina
12/3/2014
SEÇÃO VI - Da Gestão Educacional - RESOLUÇÃO N° 001 DE 05 DE JANEIRO DE 2010
Por: CEE/PA
P�gina 1 de 8 - Primeira Anterior [ 1 ] 2 3 4 5 Próxima Ultima

Mural de opinião
Mande a sua
 
   

E.E.E.F.M. FREI OTHMAR
Trav. Prof. José Agostinho, s/n. Santíssimo
CEP 68010-230 - Sanatarém - Pará
fone: 3523-2246
E-mail: escolafreiothomar@seduc.pa.gov

Nossa redação: redacao@escolafreiothmar.g12.br

Área restrita

 
Site Meter